P or que deveria eu me importar com a sucessão dos dias e das horas? Quando deste mundo eu não pertenço? E me importar com as noi...

S e não é a cor do café com leite que faz-me lembrar de sua pele morena, culpe o marrom dos biscoitos de chocolate com amendoim!

S empre pensei que a vida fosse colorida, exatamente como eu desenhava quando era criança. Não sabia que a vida era assim em preto e...

Famoso sou eu. Em cada canto, Em cada verso Meu nome dança “Oh, Zé! Oh, Zé!” Na boca de poetas, Em letreiro de ônibus, Na fofoca do ...

Do outro lado da janela o sol parecia mais brilhante e mais quente. Eu o vi através das persianas e fiquei feliz em saber que hoje eu n...

Gabriel tamborilava impaciente os dedos no teclado de seu notebook. Não sabia o que escrever, precisava mandar um artigo para o jornal l...