25 de agosto de 2016

BEDA: Eu e Você.


Acordei e fiquei ainda com os olhos grampeados.
Bocejei, rolando na cama até encontrar o doce e pequeno corpo de Dulcina.
Pude sentir de imediato um sorriso bobo formar-se em meu rosto, ao mesmo tempo em que a envolvia em meus braços.
Levantei minhas pálpebras. E lembrei de quando ainda éramos bem jovens.

- Os teus olhos são tão azuis – ela disse, segurando-me o rosto e investigando minhas órbitas.
- E os seus são cor de mel – eu falei sorrindo, enquanto ela beijava a ponta do meu nariz.
- Não seja chata, eu quero falar dos teus olhos, não dos meus – aproximou mais ainda o rosto, entrelaçando seus cílios nos meus.
- Desse jeito você vai acabar vendo o meu cérebro – falei, pousando as minhas mãos em sua cintura.
Ela resmungou, fazendo o mesmo bico de sempre, comprimindo os lábios e crispando o queixo.
- Agora não quero falar mais nada! – sentou do meu lado, cruzando os braços.
- Ahhh, para de fazer chilique, amor... – falei de jeito manhoso, mexendo em sua franja.
Ela se virou de frente para mim:
- Me chamou de amor? – seus olhos imensos esperavam uma resposta.
- Chamei...
Então ela pulou em meus braços e pela primeira vez beijou-me a boca.


Eu não queria acordá-la, não obstante, com cuidado pousei o meu rosto em sua nuca, fazendo carinho com a ponta do meu nariz em seus fios dourados de linho.
Levei minha mão até o seu quadril, apertando-lhe de leve a carne.
- Eu...amo você... – sussurrei.
Então ela acordou, virando-se de frente para mim e encostando seus lábios macios nos meus.
Eu poderia acordar dessa maneira por toda a minha vida...

~~
Esse texto é de 2011, desculpa postar coisas antigas hauahua. Ele inicialmente foi feito pensando em um casal lésbico, depois eu mudei para um casal hétero, e agora coloquei a ideia inicial.

Esse post faz parte do BEDA (Blog Everyday in August/ or April), onde o objetivo é postar todo santo dia de agosto. Para saber mais, clique aqui, e o grupo do BEDA é aqui.

23 de agosto de 2016

BEDA: tag literária - escritores.


Achei essa tag no blog da Vy e achei bem interessante para fazer no BEDA!

1. Escritor(a) que te iniciou no mundo da leitura:
Vale dizer que foi o Ziraldo? haha eu tinha dois anos de idade quando a minha mãe comprou a versão pocket de O Menino Maluquinho, e desde então eu andava com o livrinho pra lá e pra cá, fingindo que conseguia ler, pedindo para todo mundo ler para mim o tempo inteiro, até que minha irmã mais nova mastigou o livro. Depois disso, eu cresci ganhando gibis da Turma da Mônica, e passeando pela biblioteca do bairro.
Até já fui entrevistada pela Glória Maria quando eu tinha quatro anos de idade, ela apareceu na biblioteca e perguntou do que eu mais gostava de lá, e eu debochada disse: "livro, né".

2. Escritor(a) que te ganhou de volta, e um(a) que te perdeu para sempre:
Nenhum escritor me ganhou de volta, porque eu não consigo ler outros livros quando não gostei do primeiro huahua sorry.

Uma escritora que me perdeu para sempre é a Colleen Houck, com a saga enfadonha dos tigres. As capas dos livros são lindíssimas, tem relevo, brilho, mas para mim isso tudo só serviu para mascarar uma saga chatíssima e clichê. Argh. Nunca mais.

3. Escritor(a) brasileiro(a) e um(a) estrangeiro(a):
Uma escritora brasileira: Ana Cristina Cesar, com seus poemas esmagadores!

Uma escritora estrangeira: Anne Rice, amor da minha vida, me apaixonei pelos livros de vampiros dela quando era criança. Rainha do meu universo.

4. Escritor(a) "zona de conforto":
Por incrível que pareça, livros de poemas são minha zona de conforto: Vladímir Maiakóvski, Emily Dickinson, Fernando Pessoa, Bruna Beber.

5. Escritor(a) que você traria de volta dos mortos:
Virginia Woolf ❤, queria ser amiga dela.

~~
Esse post faz parte do BEDA (Blog Everyday in August/ or April), onde o objetivo é postar todo santo dia de agosto. Para saber mais, clique aqui, e o grupo do BEDA é aqui.


22 de agosto de 2016

BEDA: Amor é arte.


ela era pianista
e a cada nota eu suspirava
seus dedos me tocavam
e eu cantava o que
ela compunha em meu corpo
eu era artista
e deixava marcas
em seu pescoço
que pareciam aquarelas


~~
Esse post faz parte do BEDA (Blog Everyday in August/ or April), onde o objetivo é postar todo santo dia de agosto. Para saber mais, clique aqui, e o grupo do BEDA é aqui.


21 de agosto de 2016

BEDA: Não veremos mais filmes juntos.


Ver filmes não será a mesma coisa sem você. Você fazia o lanche e eu o suco, e ficávamos horas escolhendo um filme bom para assistir.
Dormir também é diferente agora, eu fico com frio e não há você para me esquentar num abraço. Nem os seus gatos para esquentar meus pés.
Acordar de manhã e tomar o café que você fez não vai mais acontecer. Tampouco poderei te mandar imagens e textos que achei interessantes na internet. Não poderei chorar em seus braços e me sentir acolhida. Não poderei fazer charminhos ou reclamar de qualquer coisa só por implicância. Não poderei assistir aos seriados e desenhos animados que nós dois acompanhávamos juntos. Não verei você todos os dias, nem ouvirei a sua voz. Seu cheiro não vai percorrer pela casa. Não poderei reclamar que deixou um pouco da sua barba recém barbeada na pia. Não me entupirei de comida contigo e depois sentir culpa por ter comido muito. Não poderei mais te morder ou beijar, e nem olhar o seu rosto assim quando acordar. Não poderei mais conversar sobre qualquer coisa, pois você não quer mais falar comigo.
Com quem vou compartilhar gifs de gatinhos? Com quem vou falar que estou indo ao banheiro? Não vou mais acordar descabelada e ouvir você dizendo que sou bonita mesmo assim. Eu sinto falta até das nossas brigas.

Sua boca se encaixava na minha de modo perfeito.


~~
Esse post faz parte do BEDA (Blog Everyday in August/ or April), onde o objetivo é postar todo santo dia de agosto. Para saber mais, clique aqui, e o grupo do BEDA é aqui.


19 de agosto de 2016

BEDA: Manifesto por alguém que beba café comigo.


Por alguém que beba café comigo quando as coisas estiverem ruins, que beba café comigo quando o dia estiver nublado e também quando o sol estiver a pino. Por alguém que dê um gole ao mesmo tempo e que troque olhares comigo dizendo pelas entrelinhas: "Nossa, esse café está tão bom que eu poderia morrer agora!". Por alguém que me acorde com uma xícara de café forte, e que também acorde de surpresa quando eu levar um café na cama.
Por alguém que saiba exatamente a quantidade de açúcar e de leite para misturar no café-com-leite. Por alguém que saiba qual é o melhor bolo para acompanhar o café da tarde. Alguém que me leve em um encontro romântico numa cafeteria, e que deixe eu roubar um pedacinho da sua sobremesa.
Por alguém que goste de café tanto quanto eu, e que não consiga mais beber café se eu não estiver por perto.


~~
Esse post faz parte do BEDA (Blog Everyday in August/ or April), onde o objetivo é postar todo santo dia de agosto. Para saber mais, clique aqui, e o grupo do BEDA é aqui.


17 de agosto de 2016

BEDA: 5 Animações muito além da Pixar.


O mundo não gira somente ao redor dos filmes da Pixar e da Disney haha, por isso eu coloquei aqui cinco animações que valem a pena ver, e que muita gente ainda não assistiu!
Elas são fáceis de encontrar online e com legenda, então só não vê quem não quer ^^
Espero que curtam!


Uma Viagem ao Mundo das Fábulas (original: The Secret of Kells), é uma animação de 2009, dirigida por Nora Twomey e Tomm Moore, ambos irlandeses.

A história se passa em um mosteiro, onde um livro magnífico está sendo construído. Brendan, um garotinho de 12 anos tem a tarefa de concluir as escrituras, tendo a ajuda do mestre Aidan, um velho escriba, e uma menina-lobo chamada Aisling, que o ajuda a fugir para a floresta encantada.
A floresta é proibida e perigosa para os humanos, pois é por ela que os vikings estão à espreita, e pior ainda: a serpente diabólica que guarda o olho de cristal.

A animação é linda, de uma sensibilidade incrível, músicas perfeitas e muitos simbolismos ocultos na floresta encantada!





~~


Princesa Mononoke (original: Mononoke Hime もののけ姫), animação japonesa de 1997, dirigida pelo mozão Hayao Miyazaki.

A história começa com um demônio invadindo a aldeia Ashitaka. O espírito de um ser da floresta ficou possuído pelo ódio, se transformando em um demônio, pois a floresta está sendo destruída. O príncipe da aldeia luta com a criatura e o derrota, mas recebe uma maldição que o mata aos poucos.
Para encontrar a cura, ele precisa viajar para o leste, e pelo caminho conhece a princesa Mononoke, que lidera os animais contra a exploração da floresta.

É um filme para assistir com o coração na mão, pois mostra o sofrimento dos animais e a ganância dos humanos. É uma animação maravilhosa!





~~


Tekkonkinkreet, é uma animação japonesa dirigida por Michael Arias em 2006, baseado no mangá homônimo de Taiyō Matsumoto de 1993.

O filme conta a história de dois orfãos da cidade, Preto (Kuro) e Branco (Shiro), conhecidos como Gatos, que combaterem a cidade dos yakuza (máfia), que querem assumir o controle da Cidade do Tesouro.
A vida deles é mesclada pela angústia das ruas, pelo perigo, aventura, brigas e o conforto de ter ao menos um ao outro.
A animação é bem tocante, as emoções dos personagens são bastante fortes e dá vontade de levá-los para casa.





~~


Saint Young Men (original: Saint Onii-san 聖☆おにいさん), é uma animação japonesa dirigida por Noriko Takao em 2013, baseada no mangá homônimo de Hikaru Nakamura de 2007.

A história se passa em Tókio. Jesus e Buddha, fundadores do cristianismo e do budismo, dividem um apartamento juntos, enquanto passam uma temporada de férias na Terra. A comédia do anime é basicamente feita com piadas relacionados às duas religiões, e pelo fato dos dois protagonistas tentarem esconder suas identidades e compreender a sociedade japonesa moderna.
É uma animação bem leve e engraçada, super fofa e que deveria ter continuação!





~~


Persépoles (original: Persepolis), é uma animação francesa de 2007 diriga por Marjane Satrapi  e Vincent Paronnaud, baseado na graphic novel autobiográfica da Marjane Satrapi.

Marjane Satrapi é uma garota iraniana de 8 anos, que sonha em se tornar uma profetisa para poder salvar o mundo. Marjane acompanha os acontecimentos que levam à queda do xá em seu país, juntamente com seu regime brutal. Tem início a nova República Islâmica, que controla como as pessoas devem se vestir e agir. Isto faz com que Marjane seja obrigada a usar véu, o que a incentiva a se tornar uma revolucionária.
A graphic novel autobiográfica fez muito sucesso, e Marjane ficou conhecida como a primeira mulher iraniana a desenhar uma história em quadrinhos!





~~
Esse post faz parte do BEDA (Blog Everyday in August/ or April), onde o objetivo é postar todo santo dia de agosto. Para saber mais, clique aqui, e o grupo do BEDA é aqui.


BEDA: Segura minha mão de novo?


Eu não sabia que você me achava bonita. Não sabia que tinha me notado. Eu quis te beijar assim que vi seu rosto, mas não falei nada, não era uma boa hora. Eu desviava o olhar quando você estava por perto.
Fiquei surpresa quando me convidou para passer pelo parque, e depois quando quis andar de mãos dadas comigo. Há muito tempo não sentia alguém me segurar firme como você fez. Desculpe se as minhas mãos suaram demais.

Eu te olhava com timidez, ao mesmo tempo em que segurava a minha saia do vento forte. Só as árvores sabem o quão feliz eu estava.
Você me beijava com pressa, como se tentasse me beijar o máximo de vezes possível, e me apertava em seus braços querendo acreditar que eu realmente estava ali.

Quando eu entrei no ônibus foi engraçado, pois senti falta dos seus beijos. Eu queria a sua boca para mim.
Será que você vai me beijar mais, ou aquele dia já foi o suficiente?

~~
Esse post faz parte do BEDA (Blog Everyday in August/ or April), onde o objetivo é postar todo santo dia de agosto. Para saber mais, clique aqui, e o grupo do BEDA é aqui.


16 de agosto de 2016

BEDA: Minha Lua Vermelha.


Depois de três anos, essa é a primeira vez em que eu fico menstruada e não tem ninguém para cuidar de mim. No meu ponto de vista, isso nem é bom e nem é ruim. É algo que preciso voltar a lidar.
Por três anos, eu recebia o remédio de dor em uma mão e na outra um café quentinho. Recebia abraços bem quentes e dormir de conchinha para esquentar minha barriga. Recebia doce, cafuné, todo tipo de mimo.

Ontem, eu fiz o meu próprio chá e peguei um remédio de dor com a minha mãe. Tomei um longo banho quente e chorei. Chorei porque os hormônios ficam loucos e sensíveis nesse período.
Agora tenho que me reacostumar a ficar sozinha na minha menstruação, e cuidar de mim mesma. Lidar com a solidão que eu mesma escolhi ter.

De todas as coisas que sentirei falta, acho que essa é a maior delas: ser mimada quando estou menstruada.


~~
Esse post faz parte do BEDA (Blog Everyday in August/ or April), onde o objetivo é postar todo santo dia de agosto. Para saber mais, clique aqui, e o grupo do BEDA é aqui.


15 de agosto de 2016

BEDA: Sakurinha velhinha.


Hoje a minha gatinha Sakura faz 13 anos! Eu cresci junto com ela, e não imagino a minha vida sem essa criaturinha.
Eu tinha 9 anos quando a gata da minha bisavó deu ninhada. Desci as escadas junto com minha irmã mais nova para olhar os filhotinhos, e foi amor à primeira vista, ela era o único gatinho pretinho e eu já sabia que estávamos ligadas para sempre.
Depois de tanto tempo juntas, eu sei o que ela quer ou o que está sentindo só pelo olhar. Sei as manias dela, do que gosta, quando está incomodada com algo. Eu dou carinho e ela abre a barriguinha pra mim.
Treze anos se passaram e ela ainda é meu bebê .


 




~~
Esse post faz parte do BEDA (Blog Everyday in August/ or April), onde o objetivo é postar todo santo dia de agosto. Para saber mais, clique aqui, e o grupo do BEDA é aqui.


14 de agosto de 2016

BEDA: História Sem Graça


História Sem Graça é uma página colaborativa do tumblr, que agrega várias histórias consideradas "sem graça" do cotidiano das pessoas. Eu soube do projeto assim que surgiu em 2014, já enviei algumas histórias, mas nunca me lembrei de verificar se foi considerada sem graça ou não huahu.
Abaixo eu escolhi algumas coisas que também aconteceram comigo e que fazem parte do acervo da História Sem Graça.










~~
Esse post faz parte do BEDA (Blog Everyday in August/ or April), onde o objetivo é postar todo santo dia de agosto. Para saber mais, clique aqui, e o grupo do BEDA é aqui.


© Bruna Morgan | Todos os direitos reservados.
Desenvolvimento por: Colorindo Design | Tecnologia do Blogger.