Desculpa por arrebentar o seu chinelo.

Facebook  |  Instagram  |  Tumblr  |  Twitter Começarei dizendo que a culpa não foi inteiramente minha por arrebentar o seu chinelo. ...


Começarei dizendo que a culpa não foi inteiramente minha por arrebentar o seu chinelo. Você não estava usando tênis, e nós estávamos competindo para ver quem empurrava o outro mais forte. Acontece que eu ganhei e você pisou em seu próprio chinelo e o arrebentou.
Eu queria arrebentar a sua cara, em vez de destruir o que você calçava. É estranho, eu sinto vontade de beijar a sua boca e de te bater ao mesmo tempo. Quero que me abrace e quero te empurrar. Acho o seu sorriso pós-beijo tão idiota que dá vontade de te beijar de novo. 
Quero passar uma madrugada inteira conversando com você sobre filmes, morrendo de vontade de te beijar, mas mesmo assim não calando a boca, pois estou muito empolgada falando sobre mil coisas ao mesmo tempo. Depois sumir por dias e gostar de saber que sentiu a minha falta.
DESCULPA por arrebentar o seu chinelo, mesmo não fazendo de propósito. E desculpa por rir e ao mesmo tempo sentir dó em ver você mancando o caminho inteiro, com nojo de encostar o pé descalço no chão da rua. Preciso te encher de beijos para não me sentir mais culpada.

~
BEDA é um projeto entre blogueiros que consiste em blogar todos os dias de abril. Para ver os posts do BEDA, é só clicar aqui na tag.

You Might Also Like

8 comentários

  1. O texto mais diferente que eu já li hahahahahha mas gostei e me identifiquei com o "sinto vontade de beijar sua boca e te bater ao mesmo tempo".
    Skyscrapers

    ResponderExcluir
  2. Quem não sente vontade de bater naquela pessoa irritante, mas que ao mesmo tempo te provoca uma sensação de amor? Adorei o texto! Diferente e de certo modo romântico! No meu caso eu não arrebentei o chinelo, apenas arremessei naquelas costas irritantes -risos-

    -Kissus-
    Visite: www.wtdarkside.blogspot.com

    ResponderExcluir
  3. "at the same time i wanna hug you, i wanna wrap my hands around your neck"
    Lembrei muito dessa música, que eu adoro! Ótimo texto :3

    ResponderExcluir
  4. E aí depois disso um chinelo arrebentado nunca mais será só um chinelo arrebentado, né!

    ResponderExcluir
  5. Esse texto foi como um resgate de blog da década passada, que saudade que deu!
    E sobre todo esse sentimento de beijo e tapa, me apaixonei tantas vezes que não sei se minto ou sou sincera que sinto isso pela primeira com o rapaz em questão. Sempre que gosto de alguém imediatamente me esqueço de como era na vez anterior.
    Achei a fotografia demais!

    bjo

    ResponderExcluir
  6. Eu adorei esse texto, nunca tinha lido algo assim e eu adorei! Também sou apaixonada pelo sua escrita, né. Toda vez que leio um texto seu eu imagino o ato na minha mente. Até mais!
    Colecionando Palavras

    ResponderExcluir
  7. Bruna, que texto diferente! E nossa, quem nunca teve aquela fase de querer agarrar a pessoa mas ao mesmo tempo afastá-la? Isso acontece em todo relacionamento, hahaha.

    Um beijo! ♥
    www.daniquedisse.com.br

    ResponderExcluir

;D